Erleian Romão Zegarra

Sou a professora Erleian, trabalho em uma escola estadual de Rio Branco e quero apresentar meu relatório, abordando a situação de prática educacional que mais me desafiou.

Tive que incluir dois alunos surdos às atividades pedagógicas de ensino, juntamente com alunos ouvintes. Sendo uma nova experiência, partindo do pressuposto da inclusão e também algo novo, a presença de alunos especiais no âmbito escolar proporcionou-me experiências ricas e significativas.

Ressaltando que a atividade abordada nesta aula teve  como tema: Fábulas, foi gratificante e ao mesmo tempo consegui detectar muita dificuldade, sendo elas concordância, verbos, preposição, artigo; Pois os mesmos têm bastante dificuldade no português por ser a 2ª língua, uma vez que a Língua Brasileira de Sinais (Libras) é a 1ª língua de fato e a mesma não necessariamente requer conjugação de verbo, preposição ou artigo.

Para facilitar a compreensão dos surdos foi utilizado um cartaz com figuras ilustrativas, e houve no decorrer da aula, a participação da intérprete. E ao longo do processo, a direção da escola foi bastante participativa, teve auxilio da coordenação pedagógica, apoio familiar e a visita dos parceiros para viabilizar uma melhor comunicação entre o indivíduo surdo e a escola num todo.

“Diga-me e eu esquecerei, ensina-me e eu lembrarei, envolva-me e eu aprenderei”. Benjamin Franklin

ERLEIAN ROMÃO ZAGARRA, PROFESSORA MULTIDISCIPLINAL

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: