Maria Aparecida dos Santos

Comecei a trabalhar na área de educação em 1991. Nessa época a gente quase não ouvia falar em educação inclusiva. As crianças que tinham deficiência não frequentavam e escola normal, eles tinham um centro de atendimento só para eles.

Já no ano de 2007 comecei a trabalhar com alunos necessidades educacionais especiais. Tive muito receio de como seria a interação desses alunos com as outras crianças. Entrei em uma faculdade para fazer o curso de Pedagogia, procurei ajuda de um profissional e com a participação e ajuda da direção da escola, principalmente da gestora, realizei vários cursos de inclusão. Foi aí que tive conhecimento da concepção inclusiva e da adaptação do conteúdo escolar, realizado com bastante dinâmica, trabalhos em grupo e sempre envolvendo a todos.

Este ano estou com uma turma de crianças do 1º ano, na qual há um aluno com paralisia cerebral. Ele não se move e nem fala, mas percebo que através das atividades, ele já demostra oralmente que entende e participa da contação de histórias, do recreio dirigido, dos vídeos e das brincadeiras. 

MARIA APARECIDA DOS SANTOS, PROFESSORA MULTIDISCIPLINAR

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: