Marilei Moreira Vasconcellos Fernandes

Amigos compartilho um momento que gostaria que todo pai e mãe pudessem ter com as escolas de seus filhos especiais.

Muitos conhecem a nossa história de inclusão escolar. Os anos que Tomás permanece na mesma escola desde pequeno, que resultou em um livro infanto juvenil “EU FALO SIM”, escrito pela diretora do colégio. Fato esse por si só inusitado! Não conheço história de inclusão nenhuma, onde a diretora teve essa iniciativa de lançar um livro sobre a história de inclusão de Tomás e trabalhá-lo na escola.

Tomás hoje está com 10 anos e freqüenta o quinto ano do Fund. I. Para o próximo ano Tomás estará no sexto ano e isso significa que ele enfrentará muitas modificações na escola. Isso implica em novo prédio, maior demanda, um professor por disciplina, nova diretora e nova orientadora Educacional, etc.

É normal a escola receber informes de cursos para os educadores, para que esses aprimoram seus conhecimentos sempre.

Ontem fui procurada por uma das donas da escola onde meu filho estuda que, ansiosa e entusiasmada trouxe-me uma notícia. As futuras diretora e Orientadora Educacional do meu filho escolheram fazer um “curso específico”. Indagada pela dona da escola o porquê da escolha, a resposta das educadoras com um sorriso nos rostos e ternura foi simples e direto: “Precisamos nos preparar para poder receber bem o Tomás no próximo ano.”

Nossa! Meu coração disparou!

Isso sim é que chamo de comprometimento e envolvimento pessoal e profissional para com meu filho na escola. Os educadores se prepararem um ano antes para poder trabalhar com meu filho quando ele chegar até eles. Isso também é fazer a inclusão acontecer! Fiquei emocionada e muito feliz com a preocupação dessas educadoras em buscar informações para ajudar o desenvolvimento de nosso mocinho!

Que Deus as abençoe.

Abrçs.

Marilei Mãe de Alinne (16) e Tomás (10) SP

"A diferença entre o possível e o impossível está na vontade humana" – Louis Pasteur.

"Trate as pessoas como se elas fossem o que poderiam ser e você as ajudará a se tornarem aquilo que são capazes de ser." – Goethe.

Compartilhe este conteúdo com seus amigos.
Comente ou compartilhe nas mídias sociais: